Navios alemães no Porto de Luanda
Os governos de Angola e da Alemanha reafirmaram dia 20 de Fevereiro, em Luanda, a intenção de coordenarem estratégias de combate à pirataria marítima no Golfo da Guiné para ajudarem a estabelecer um clima de paz e segurança nesta região de África.

O assunto foi avaliado durante o encontro que o ministro da Defesa Nacional, João Lourenço, teve nesse mesmo dia com o embaixador da Alemanha em Angola, Rainer Muller, na sede do Ministério da Defesa Nacional.
Em declarações à imprensa, no final do encontro, de cerca de uma hora, o embaixador alemão anunciou que, no âmbito do plano comum de combate à pirataria na região do Golfo da Guiné, atracam este sábado, dia 21, no Porto de Luanda, três navios da Marinha alemã.
 
A estadia dos navios, até 24 de Fevereiro, em Luanda, vai ser  aproveitada pelo efectivo da Marinhade Guerra de Angola para trocar experiências. Rainer Muller indicou que a vinda a Angola dos três navios é o primeiro passo para o fortalecimento da cooperação entre as duas marinhas e sublinhou a  importância que os dois Estados atribuem à manutenção da segurança marítima na região do Golfo da Guiné.
“Angola é um país banhado pelo Atlântico, enquanto a Alemanha exporta quase metade da sua produção nacional através deste oceano”, sublinhou o embaixador, acrescentando que este é um dos principais motivos que  leva os dois países a primarem pelo reforço da cooperação militar como forma de garantir a segurança das vias marítimas no Oceano Atlântico.   O embaixador alemão salientou ainda que a vinda dos navios foi decidida durante a visita do ministro da Defesa Nacional, João Lourenço, à Alemanha, em Novembro do ano passado, altura em que o comando da Marinha daquele país europeu prometeu fortalecer a cooperação com a sua congénere angolana.
“Angola é um parceiro importante, influente e poderoso. Por isso, estamos orgulhosos em iniciar a cooperação bilateral no domínio da defesa”, disse o embaixador, que reafirmou a disponibilidade da Alemanha para cooperar com Angola e promover a paz e a segurança ao longo da região marítima do Atlântico.

Adidos recebem informações

Os adidos militares estrangeiros colocados em Angola receberam dia 20, em Luanda, informações sobre a organização e funcionamento da Inspecção Geral da Defesa Nacional, durante uma palestra organizada pela direcção de relações internacionais do Ministério da Defesa.  O coronel Francisco Longa, orador na palestra, disse que o Ministério da Defesa Nacional precisa de passar a mensagem de que as FAA estão organizadas e a gestão da coisa pública tem um interesse do Estado. “O objectivo foi exactamente informar ao vasto auditório internacional representado pela chefia militar de vários países que a gestão em Angola é feita com rigor pautada por lei e normas”, expressou.

A Inspecção Geral de Defesa Nacional é um órgão encarregado de auxiliar o ministro da Defesa Nacional nas questões relativas ao controlo e fiscalização dos recursos humanos, materiais e financeiros postos à disposição pelo Estado para as Forças Armadas Angolanas (FAA).

O coronel Francisco Longa lembrou que o inspector não é um polícia, mas aquele que coopera para a correcta gestão dos recursos públicos. “Primamos por uma acção pedagógica”, disse, para acrescentar que a Inspecção Geral faz o levantamentodo risco, propõe determinada inspecção e constata se estão a ser cumpridas ou não as normas, directivas e ordens. O prelector realçou que o interesse das autoridades angolanas é que os adidos militares, como representantes oficiais dos ministros da Defesa dos seus países, formulem, promovam e façam as propostas para a cooperação.

O adido militar da Federação Russa em Angola, coronel Nicolay Rulchuk, salientou que o tema foi do interesse dos diplomatas. “Nalgumas forças armadas, as funções de Inspector Geral de Defesa são partilhadas por departamentos diferentes, mas o princípio é igual para todos, porque desempenha um papel importante no asseguramento do funcionamento normal das forças armadas”, afirmou Rulchuk.

fonte

 



Data: 2015-02-22

EPL NET

Newsletter

Código de Ética

Logo do PDF

Breves

  • PRA-JA apresentou recurso ao Tribunal

    A comissão instaladora do Partido do Renascimento Angolano - Juntos por Angola (PRA-JA) procedeu, na sexta-feira, à entrega, no Tribunal Constitucional, do recurso para o reconhecimento do projecto político de Abel Chivukuvuku
    Ler mais...
  • Estado pode vir a multar proprietários de habitações

    O Estado vai passar a multar os proprietários de projectos imobiliários que se encontrem desocupados há mais de seis meses, como forma de incentivar a utilização das habitações
    Ler mais...
  • Ministério da Educação ajusta calendário escolar

    O Ministério da Educação (MED) reduziu para dois trimestres o ano lectivo de 2020, cujas aulas reiniciam a 13 de Julho, com o II Ciclo do ensino secundário
    Ler mais...
  • MPLA consternado a morte de ?Karitete?

    Bureau Político do Comité Central do MPLA manifestou ?profundo sentimento de pesar? pelo falecimento do antigo combatente e veterano da Pátria João Pedro Francisco ?Karitete?, ocorrido, quinta-feira, em Luanda, vítima de doença, aos 82 anos
    Ler mais...
  • Ary Papel e Mabululu buscam outros desafios

    No meio de alguma expectativa, devido às indefinições que pairam no ar em relação ao mercado de transferências de jogadores para a época futebolística 2020/2021, o 1º de Agosto está na iminência de perder os concursos de Ary Papel e Mabululu
    Ler mais...
  • Covid-19: Mais 30 toneladas de biossegurança vindas da China

    O país conta, desde ontem, com mais 30 toneladas de materiais de biossegurança e camas, provenientes da China, para a prevenção e combate da pandemia da Covid-19
    Ler mais...
  • Angola regista três novos casos positivos de Covid-19

    O Ministério da Saúde, informou, hoje em Luanda, o registo de três novos casos positivos da Covid-19 de transmissão local, reportados no Hoji-ya-Henda e na Clínica Multiperfil
    Ler mais...
  • Licitação para a exploração petrolífera é adiada ?sine-die?

    O lançamento do concurso público para a exploração de novos blocos petrolíferos referentes a 2020, previsto para finais de Maio, ainda não tem data, devendo a entidade que vela pelo processo fazer a sua calendarização, devido a pandemia da Covid-19, segundo informou a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG)
    Ler mais...
  • Covid-19: África regista 132 mortos nas últimas 24 horas e totaliza 3.922 óbitos

    O continente africano registou 132 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas, dos 3
    Ler mais...
  • Presidência da Federação de atletismo pode ter disputa renhida

    O presidente cessante da Federação Angolana de Atletismo (FAA), Bernardo João, vai apresentar-se para a renovação do mandato no processo eleitoral, ainda por calendarizar
    Ler mais...

Multimédia

Porto de Luanda - 70 Anos

70 Anos do Porto de Luanda
VII Congresso da APLOP

RÁDIOS
Porto de Luanda recebe o maior navio de sempre na sua história
Porto de Luanda ganha novos equipamentos
Welcome to Angola
MARÉS
saber mais
LONGITUDE: 8º 45 S
LATITUDE: 13º 14 E


Publicidade
Todos os direitos reservados © 2015 Porto de Luanda
Plataforma de Gestão de Conteúdos Astrolábio

Porto de Luanda E.P
Largo 4 de Fevereiro
CX Postal 1224-C1-Angolaredes sociais