PORTO DE LUANDA

Produtos sem licença proibidos de entrar
A entrada no Porto de Luanda de produtos importados sem o devido licenciamento cria constrangimentos ao funcionamento dos serviços do Comércio, Alfândegas e bancos, disse a ministra Rosa Pacavira (na foto).

A ministra do Comércio, que falou à imprensa no final de encontro que manteve com representantes de bancos comerciais e Associação dos Distribuidores, acrescentou que o seu contacto com os parceiros da cadeia de importação e exportação visou encontrar medidas para se ultrapassar alguns constrangimentos relativos ao licenciamento de produtos importados.

Rosa Pacavira disse que muitos importadores estão num total desrespeito à Lei das Actividades Comerciais, porque importam produtos que chegam ao Porto de Luanda sem cumprir as orientações do Ministério do Comércio, nomeadamente o licenciamento das mercadorias antes de chegarem ao país. “Os produtos que continuarem a entrar em Angola sem estarem licenciados, como medida disciplinar podem ser revertidos para os programas sociais existentes no país”, alertou a ministra. 

Apesar de haver um aumento significativo da produção nacional, como de hortofrutícolas e bebidas, que já regista excedentes, ainda se importa grandes quantidades de produtos diversos. Os Ministérios do Comércio e da Agricultura trabalham em conjunto para identificar as áreas agricultáveis para serem disponibilizadas aos agricultores nacionais e estrangeiros, com vista a produzirem em Angola a farinha de trigo e não só. “O país adoptou um sistema de quotas de importação que entra em vigor a partir do mês de Março”, destacou Rosa Pacavira.

Neste momento, o Banco Nacional de Angola (BNA) está a disponibilizar remessas de forma gradual para os bancos comerciais, a fim de fazerem pagamento aos importadores de produtos alimentares e medicamentos. O presidente do Conselho de Administração do Banco de Poupança e Crédito (BPC), Paixão Júnior, realçou que os empresários que pretendem importar bens alimentares, medicamentos e outros de apoio às empresas ligadas ao sector petrolífero, têm prioridade na aquisição de divisas, já que constam das prioridades definidas pelo Banco Central.
Paixão Júnior realçou que a aquisição de divisas deixou de ser por leilão e passou a ser por via directa, isto é, através dos bancos comerciais, tendo em conta as prioridades traçadas pelos bancos.

fonte



Data: 2015-02-22

EPL NET

Newsletter

Código de Ética

Logo do PDF

Breves

  • Grupo reclama participação no diálogo no seio da FNLA

    Membros da ala da FNLA que protagonizou a impugnação do II Congresso Extraordinário do partido, realizado em Junho do ano passado, na cidade do Huambo, queixam-se de terem sido excluídos de um diálogo que o presidente Lucas Ngonda está a promover para a unificação do partido
    Ler mais...
  • Listas dos candidatos às bolsas de mérito são divulgadas amanhã

    Os resultados da prova de conhecimentos para candidaturas às Bolsas de Mérito serão divulgados amanhã, dia 26 de Agosto, no portal do Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo (IGNABE) e no portal www
    Ler mais...
  • Angola e Congo Democrático definem primazia no Grupo A

    Igualadas a seis pontos, Angola e Congo Democrático discutem hoje, a partir das 16h00, a liderança do Grupo A, em partida referente à quarta e última jornada de andebol sénior feminino dos 12º Jogos Africanos, no Pavilhão ?Mohamed V?, Casablanca
    Ler mais...
  • Nigéria e Camarões repatriam vítimas do Boko Haram

    A Nigéria e os Camarões iniciaram, com apoio do Alto- Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), um processo para o repatriamento voluntário de deslocados provocado pelo grupo Boko Haram, anunciou sexta-feira a agência da ONU
    Ler mais...
  • Ministro abre a segunda fase da prova de vida de ex-militares

    O ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos ?Liberdade?, procede amanhã, em Malanje, à abertura da segunda fase do recadastramento e prova de vida de ex-militares, deficientes de guerra e órfãos ou familiares directos
    Ler mais...
  • Presidente aborda no Japão transformação económica em Angola

    O Chefe de Estado, João Lourenço, apresenta, na quarta-feira, à Conferência Internacional de Tóquio sobre o Desenvolvimento de África (TICAD, sigla inglesa), em Yokohama (Japão), os desafios do país durante uma intervenção no painel ?Acelerar a Transformação Económica e Melhorar o Ambiente de Negócios Através da Inovação e Envolvimento do Sector Privado?
    Ler mais...
  • Trabalhadores da morgue de Cacuaco sem salários há 17 meses

    Por falta de salários, há 17 meses, 31 trabalhadores da morgue do Hospital Municipal de Cacuaco ameaçam paralisar todas as actividades, caso não seja resolvida a situação, que se arrasta desde Abril de 2018, soube o Jornal de Angola de fonte da instituição
    Ler mais...
  • Manifestantes voltaram hoje às ruas de Hong Kong

    Centenas de manifestantes pró-democracia reuniram-se hoje num estádio, debaixo de chuva, e começaram a desfilar pelas ruas de Hong Kong, onde outros ajuntamentos se preparavam, após dez dias de acalmia
    Ler mais...
  • Processo de consolidação da estrutura rítmica do semba

    No âmbito do projecto ?Tem um semba em todo canto? e na perspectiva de valorização da dimensão cultural e histórica da Música Popular Angolana, a Casa da Cultura do Rangel ?Njinga Mbande?, realizou, na sexta-feira, o primeiro ?Seminário sobre o semba?
    Ler mais...
  • Leilão de quadros arrecada mais de um milhão de kwanzas

    Um total de 12 quadros de artes plásticas, produzidas por crianças do projecto artístico Sol de Cacimbo, foram vendidas, em leilão, aos colaboradores da empresa Unitel, mecenas desta iniciativa cultural
    Ler mais...

Multimédia

Porto de Luanda - 70 Anos

70 Anos do Porto de Luanda
VII Congresso da APLOP

RÁDIOS
Porto de Luanda recebe o maior navio de sempre na sua história
Porto de Luanda ganha novos equipamentos
Welcome to Angola
MARÉS
saber mais
LONGITUDE: 8º 45 S
LATITUDE: 13º 14 E


Publicidade
Todos os direitos reservados © 2015 Porto de Luanda
Plataforma de Gestão de Conteúdos Astrolábio

Porto de Luanda E.P
Largo 4 de Fevereiro
CX Postal 1224-C1-Angolaredes sociais