PORTO DE LUANDA

Produtos sem licença proibidos de entrar
A entrada no Porto de Luanda de produtos importados sem o devido licenciamento cria constrangimentos ao funcionamento dos serviços do Comércio, Alfândegas e bancos, disse a ministra Rosa Pacavira (na foto).

A ministra do Comércio, que falou à imprensa no final de encontro que manteve com representantes de bancos comerciais e Associação dos Distribuidores, acrescentou que o seu contacto com os parceiros da cadeia de importação e exportação visou encontrar medidas para se ultrapassar alguns constrangimentos relativos ao licenciamento de produtos importados.

Rosa Pacavira disse que muitos importadores estão num total desrespeito à Lei das Actividades Comerciais, porque importam produtos que chegam ao Porto de Luanda sem cumprir as orientações do Ministério do Comércio, nomeadamente o licenciamento das mercadorias antes de chegarem ao país. “Os produtos que continuarem a entrar em Angola sem estarem licenciados, como medida disciplinar podem ser revertidos para os programas sociais existentes no país”, alertou a ministra. 

Apesar de haver um aumento significativo da produção nacional, como de hortofrutícolas e bebidas, que já regista excedentes, ainda se importa grandes quantidades de produtos diversos. Os Ministérios do Comércio e da Agricultura trabalham em conjunto para identificar as áreas agricultáveis para serem disponibilizadas aos agricultores nacionais e estrangeiros, com vista a produzirem em Angola a farinha de trigo e não só. “O país adoptou um sistema de quotas de importação que entra em vigor a partir do mês de Março”, destacou Rosa Pacavira.

Neste momento, o Banco Nacional de Angola (BNA) está a disponibilizar remessas de forma gradual para os bancos comerciais, a fim de fazerem pagamento aos importadores de produtos alimentares e medicamentos. O presidente do Conselho de Administração do Banco de Poupança e Crédito (BPC), Paixão Júnior, realçou que os empresários que pretendem importar bens alimentares, medicamentos e outros de apoio às empresas ligadas ao sector petrolífero, têm prioridade na aquisição de divisas, já que constam das prioridades definidas pelo Banco Central.
Paixão Júnior realçou que a aquisição de divisas deixou de ser por leilão e passou a ser por via directa, isto é, através dos bancos comerciais, tendo em conta as prioridades traçadas pelos bancos.

fonte



Data: 2015-02-22

EPL NET

Newsletter

Código de Ética

Logo do PDF

Breves

  • Seis ginastas disputam torneio de Sangalhos

    Ivanovia de Carvalho (iniciada), Angélica Francisco (juvenil), Aysha Morgado (júnior), Junaira Dundão, Rosa Ventura e Beatriz Kasselo (seniores) são as ginastas do Petro de Luanda que disputam, pela primeira vez, o RG Atlantic Cup, a decorrer de 23 a 25 do corrente, na região de Sangalhos, Portugal
    Ler mais...
  • Hospital Geral recebe doação de material gastável

    Um total de 14
    Ler mais...
  • Comércio inspecciona os estabelecimentos

    A Direcção Municipal do Comércio do Kilamba Kiaxi, desenvolve, desde Setembro, um trabalho de levantamento da rede comercial da circunscrição, com objectivo aferir a legalidade de cada estabelecimento
    Ler mais...
  • Grupo Elinga exibe peça ?As Bondosas?

    O espectáculo ?As Bondonsas?, que narra a história de três carpideiras que se surpreendem com situações inusitadas e o comportamento exótico de uma família aristocrática durante o funeral da filha mais nova, volta a ser exibido sabado, às 20h00, pelo grupo Elinga Teatro, na sua sede, na Baixa de Luanda
    Ler mais...
  • Feira vai estar aberta até à véspera do Natal

    A Feira de Mobiliário, que decorre há mais de 20 dias, na Cidade da China, em Viana, vai encerrar apenas no dia 24 de Dezembro e não a 24 deste mês, como estava inicialmente previsto, soube, ontem, o Jornal de Angola
    Ler mais...
  • Luanda prevê vacinar 1.6 milhões de crianças

    A campanha de vacinação contra a poliomielite inicia amanhã e decorre, até domingo, em cinco províncias do país
    Ler mais...
  • Jair Bolsonaro cria novo partido

    O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, anunciou, terça-feira, nas redes sociais, que decidiu deixar o PSL e criar novo partido chamado ?Aliança pelo Brasil?
    Ler mais...
  • Angola tem novo fundo para projectos culturais

    Angola conta, a partir de Janeiro, com um novo fundo para apoiar a diversidade cultural, cidadania e entidade, no valor de 125 mil euros, para promover projectos que contribuam para a criação de postos de trabalho nos sectores culturais
    Ler mais...
  • Presidente da Renamo ameaça voltar à guerra

    O presidente da Renamo, Ossufo Momade, considerou que Moçambique se arrisca a voltar a um novo conflito caso o Conselho Constitucional valide os resultados eleitorais de 15 de Outubro, noticiou hoje a Lusa
    Ler mais...
  • Marginais matam homem e levam mais de um milhão de kwanzas

    Um cidadão foi assassinado, hoje, nas imediações do Tribunal Provincial de Luanda, com um tiro na cabeça e outro no peito, por quatro marginais, que roubaram uma pasta contendo um milhão e 450 mil kwanzas da vítima, constatou o Jornal de Angola no momento do acontecimento
    Ler mais...

Multimédia

Porto de Luanda - 70 Anos

70 Anos do Porto de Luanda
VII Congresso da APLOP

RÁDIOS
Porto de Luanda recebe o maior navio de sempre na sua história
Porto de Luanda ganha novos equipamentos
Welcome to Angola
MARÉS
saber mais
LONGITUDE: 8º 45 S
LATITUDE: 13º 14 E


Publicidade
Todos os direitos reservados © 2015 Porto de Luanda
Plataforma de Gestão de Conteúdos Astrolábio

Porto de Luanda E.P
Largo 4 de Fevereiro
CX Postal 1224-C1-Angolaredes sociais