REGULAMENTO DE TARIFAS PORTUÁRIAS DE ANGOLA
DECRETO EXECUTIVO
CONJUNTO N.° 323/08

Com a entrada em vigor do Decreto Executivo Conjunto n.º 17/02, de 3 de Maio, que aprova o Regulamento de Tarifas Portuárias de Angola, surgiram varias reclamações por parte da Associação dos Agentes de Navegação e Transitários de Angola, enquanto representante dos armadores, pelo facto das tarifas portuárias serem excessivamente altas em comparação com as anteriores.

Partindo da análise da actual situação dos Portos de Angola e tendo em conta as dificuldades que as empresas encontram para obter créditos, a complexidade e dispersão dos meios de cobranças, os elevados tempos de recebimento, a com­paração efectuada com as tarifas de alguns portos da SADC e da África do Oeste e do Centro, procedeu-se à presente actualização do Regulamento de Tarifas Portuárias que é complementar do Regulamento de Exploração dos Portos.

Este Regulamento de Tarifas Portuárias tem em conta as actuais necessidades dos Portos de Angola e as novas relações a estabelecer entre a Autoridade Portuária e os agentes económicos, compreendendo agentes de navegação e conces­sionarias dos terminais e dos serviços portuários.

O tarifário será, pois, constituído basicamente pelos tarifários das diferentes con­cessionárias, após estes serem aprovados pela Autoridade Portuária, passando por essa via a fazer parte integrante do mesmo.

Desta forma o corpo principal deste tarifário contém princípios orientadores e unificadores destinados a dar coerência aos tarifários das concessionárias, integrando-os num único corpo doutrinário e estabelecendo em simultâneo os preços máximos a praticar, de modo a tomar inteligíveis para os utilizadores do porto os preços das diferentes prestações e serviços portuários.

Nestes termos, ao abrigo do n.º 3 do artigo 114.° da Lei Constitucional, determina-se:

Artigo 1.° - É aprovado o Regulamento de Tarifas Portuárias de Angola, anexo ao presente decreto executivo conjunto e dele sendo parte integrante.
Art. 2.° - É revogado o Decreto Executivo Conjunto n.º 17/02, de 3 de Maio e toda a legislação que contrarie o disposto no presente diploma.
Art. 3.º - As dúvidas e omissões que suscitarem da interpretação e aplicação do presente diploma serão resolvidas por despacho do Ministro dos Transportes.
Art. 4.° - Este diploma entra em vigor na data da sua publicação. Publique-se.

Luanda, 16 de Dezembro de 2008.

O Ministro das Finanças, Eduardo Leopoldo Severim de Morais.

O Ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás.

 
REGULAMENTO DE TARIFAS PORTUÁRIAS DE ANGOLA
(consulte/descarregue este documento em formato pdf)




Data: 2015-02-26

EPL NET

Newsletter

Código de Ética

Logo do PDF

Breves

  • Ex-militares sul-africanos querem investir no turismo

    Um grupo de empresários sul-africanos, a maioria ex-integrantes da 61ª Brigada de Infantaria Mecanizada do então regime do apartheid da África do Sul, que participou na invasão ao município do Cuito Cuanavale, pretende investir no Cuando Cubango nos sectores do Turismo e Agricultura
    Ler mais...
  • São Silvestre pode ser apresentada este mês

    A três meses do tiro de partida da 64ª edição da corrida São Silvestre, a Federação Angolana de Atletismo (FAA), presidida por Bernardo João, pode apresentar, ainda este mês, em conferência de imprensa, a prova que sai às ruas de Luanda a 31 de Dezembro, e percorrida numa distância de dez quilómetros
    Ler mais...
  • Manifestantes reagem contra data das eleições

    Milhares de pessoas manifestaram-se na capital da Argélia pelo 31
    Ler mais...
  • Lobito regista 609 casos positivos de HIV/Sida

    Dos sete mil e 510 cidadãos testados contra HIV/Sida, no município do Lobito, província de Benguela, 609 foram diagnosticados positivos e 289 encaminhados para o Tratamento Anti-Retroviral (TARV), durante o primeiro semestre deste ano
    Ler mais...
  • Acima de metade da população com acesso difícil à água potável

    Mais de metade dos cerca de 320 mil habitantes da cidade de Menongue e arredores da capital do Cuando Cubango têm dificuldades de acesso à água potável, devido a paralisação do projecto de expansão da rede de distribuição e ampliação do sistema de captação
    Ler mais...
  • Sonangol divulga lista de empresas a alienar

    A administradora da Sonangol Josina Baião divulgou, sexta-feira, no último dia do Seminário Metodológico sobre o Programa de Privatizações, uma lista de 50 empresas participadas e activos controlados a alienar, para os quais tem projectadas apresentações técnicas em Angola e no estrangeiro, no final de Outubro
    Ler mais...
  • Morreu uma das vítimas da explosão da caldeira

    Um dos feridos graves da explosão da caldeira de alcatrão em Cabinda morreu às primeiras horas de hoje, na Clínica Girasol, em Luanda, onde deu entrada na véspera, com outros 14 colegas
    Ler mais...
  • Sebastian Vettel regressa às vitórias em Singapura

    Sebastian Vettel, em Ferrari, venceu o Grande Prémio de Singapura, 15ª etapa do Mundial de Fórmula 1 de 2019
    Ler mais...
  • PR manifesta solidariedade as vítimas de explosão em Cabinda

    O Presidente da República de Angola, João Lourenço, manifestou hoje ?solidariedade para com os sinistrados? da explosão ocorrida no sábado em Cabinda, garantindo que ?tudo está sendo feito em Luanda? para salvar as vítimas
    Ler mais...
  • Julgamento do general "Zé Maria" retoma amanhã

    O julgamento do ex-chefe do Serviço de Inteligência e Segurança Militar (SISM), António José Maria "Zé Maria", retoma as sessões amanhã, com a audição dos declarantes
    Ler mais...

Multimédia

Porto de Luanda - 70 Anos

70 Anos do Porto de Luanda
VII Congresso da APLOP

RÁDIOS
Porto de Luanda recebe o maior navio de sempre na sua história
Porto de Luanda ganha novos equipamentos
Welcome to Angola
MARÉS
saber mais
LONGITUDE: 8º 45 S
LATITUDE: 13º 14 E


Publicidade
Todos os direitos reservados © 2015 Porto de Luanda
Plataforma de Gestão de Conteúdos Astrolábio

Porto de Luanda E.P
Largo 4 de Fevereiro
CX Postal 1224-C1-Angolaredes sociais